ECOFOTO | fotografia + natureza + birdwatching + expedições | ECO FOTO

ESPECIAL: filtro estrela (star) para valorizar os pontos de luz…

Olá pessoal, essa dica é sobre um filtro de efeito muito bacana, que o fotógrafo do nosso portal utiliza em algumas de suas fotografias para dar efeito de estrela nos pontos de luz da cena. O filtro conhecido como Star ou Estrela  foi muito utilizado na época da fotografia analógica, porém, com a fotografia digital acabou caindo em desuso.

Filtros

São acessórios geralmente rosqueados ou encaixados no elemento frontal da objetiva ou traseira no caso das grandes objetivas como a 300mm F2.8 por exemplo, e desempenham diversos papéis, desde a simples proteção do elemento frontal da objetiva no caso dos filtros de proteção ou UV, a efeitos diversificados como estrelinhas, intensificação das cores e desfoque pontual. Existem modelos de rosca que são os mais comuns e também em forma de placas, que são encaixados em um sistemas de múltiplos filtros, como o sistema Cokin por exemplo.

Assim como outros filtros de efeito, o Star é um filtro para ser utilizado com cautela, e não é em qualquer cena que o efeito fica agradável, mas em fotografias de arquitetura, shows e espetáculos o filtro pode ser um grande aliado do fotógrafo.  Trata-se de um filtro aparentemente simples, muito similar a um filtro de proteção ou UV, mas com um pouco mais de atenção é possível visualizar algumas linhas que são responsáveis em formar as estrelas nos pontos luminosos da cena.

Os filtros Star possuem algumas variações relacionadas ao número de pontas que irá se formar nos pontos de luminosos da cena. Os mais comuns são os filtros Star de 4, 6 e 8 pontas, porém existem modelos que variam de 2 a 16 pontas ou mesmo os chamados Cross Star que gera um efeito cruzado e gradual um pouco diferente.

Na fotografia à baixo, não foi utilizado o filtro de efeito Star (estrela).

Na fotografia seguinte, foi utilizado o filtro Hoya Star 6  (estrela de seis pontas). Note que embora as fotografias não foram realizadas exatamente no mesmo instante, são muito parecidas, com o diferencial que o uso do filtro Star gerou maior dinamismo na cena.

Ambas as fotografias foram capturadas com uma câmera full-frame, objetiva 24-70mm, com abertura em F4, mas poderia ter sido usado uma abertura maior, a câmera na mão (sem apoio/tripé).

Sempre que utilizados filtros de proteção ou de efeito, ocorre uma pequena perda na resolução final da imagem, mas em certas situações essa pequena degradação é compensada pelo enriquecimento da cena.

Outra maneira de conseguir fazer o efeito Star nos pontos de luz é usando aberturas bem pequenas, como F16 ou F22, mas neste caso só funciona bem com a câmera em um tripé e em cenas estáticas (sem movimento), como em fotografias de paisagem urbana por exemplo.

Vale lembrar que qualquer tipo de filtro, mesmo os de proteção UV, interferem diretamente na qualidade da imagem capturada, por isso é indispensável usar bons filtros de marcas reconhecidas no mercado, tais como LEE, HELIOPAN, B+W, HOYA, TIFFEN ou KENKO.

Evite filtros comprados sem procedência, assim como outros produtos para fotografia é comum encontrar filtros falsificados no mercado. Veja essa publicação sobre marcas e qualidade dos filtros.

Abraços e até a próxima.
Equipe EF..

LEIA MAIS:
Filtros de densidade neutra (NDx).
Filtros estrela (Star).
Filtro polarizador circular (PL-C)

Sair da versão mobile