ECOFOTO | fotografia + natureza + birdwatching + expedições | ECO FOTO

Fauna Mineira: Serra do Cipó

A Serra do Cipó (Santana do Riacho e Lapinha da Serra) é uma caixinha de jóias, pois abriga algumas espécies endêmicas além de outras de enorme beleza e raridade. Sem sombra de dúvidas as três ou quatro espécies mais procuradas na serra são: pedreiro-do-espinhaço, lenheiro-da-serra-do-cipó, beija-flor-de-gravata-verde e a choca-do-nordeste.

Entre as espécies mais procuradas, faltou o gravata-verde, que até vimos passando de um lado para outro, mas sem posar como costuma fazer habitualmente.

Animado com a possibilidade de ver as espécies endêmicas do Cipó, lá fomos nós, e começamos logo com o suiriri-cinzento.

O belo campainha-azul é muito comum na Serra do Cipo próximo ao parque.

A cigarra-do-campo sempre em pequenos grupos.

O belíssimo batuqueiro (antigo bico-de-pimenta) é uma ave tipica de cerrado.

Tico-tico-do-banhado.

Em busca das aves endêmica da Serra do Cipó, muitas plantas e flores.

Uma das aves de grande interesse para os observadores na Serra do Cipó é o lenheiro-da-serra-do-cipó, que fica sob as florações rochosas.

Endêmico da porção sul da Serra do Cipó, o pedreiro-do-espinhaço é uma ave com distribuição restrita, encontrada apenas em Lapinha da Serra, uma pequena vila no pé da serra. As sempre-vivas são encontradas na parte alta da serra.

Em detalhes a sempre-viva, planta símbolo do cerrado.

Outra espécie muito pontual é o pica-pau-chorão, encontrado em algumas áreas da serra.

Comum, o mico-estrela ou sagui-de-tufo-preto pode ser visto nas matas.

Comum no cerrado, o sebinho-olho-de-ouro foi fotografado em Lapinha da Serra.

Também em Lapinha, um registro do risadinha.

O bagageiro pode ser encontrado em diversos parques, inclusive na Serra do Cipó.

 Novamente o simpático sebinho-de-olho-de-ouro.

Comummente confundido com bem-te-vi, o bentevizinho-de-asa-ferrugínea é comum na região.

Besourinho-de-bico-vermelho, um pequeno beija-flor.

O tucano foi fotografado em Santa do Riacho.

Sempre pousado no mesmo poleiro, o gibão-de-couro é  uma ave de fácil observação.

Um dos mais belos beija-flores do cerrado é o chifre-de-ouro.

Novamente a cigarra-do-campo, desta vez um macho.

A choca-do-nordeste é uma ave incomum na região, sendo Santana do Riacho uma das áreas mais ao sul com a sua ocorrência.

A Serra do Cipó é um local que merece dois ou três dias por lá, para fotografar com calma e paciência as belas espécies que ocorrem em Santana do Riacho e Lapinha da Serra. Infelizmente, nosso tempo era curto, mas voltaremos com certeza!

Abraços,
Equipe EF.

 

Série Fauna Mineira

 

EXPEDIÇÃO GUIADA!

Que tal realizar uma expedição fotográfica orientada pelos “hotspots” de Belo Horizonte, Brumadinho, Nova Lima, além da belíssima Serra do Cipó em Santa do Riacho e Lapinha da Serra.

  • Grupos de até 3 pessoas;
  • Roteiros personalizados;
  • Observação e fotografia da avifauna, flora e paisagens;
  • Orientações fotográficas.

Entre em contato para saber mais!

 

Sair da versão mobile