ECOFOTO | fotografia + natureza + birdwatching + expedições | ECO FOTO

Fauna Mineira: Esmeraldas

Esmeraldas esta localizada próxima a capital, cerca de 60 km de distância, e oferece ótimas opções para fotografia de aves, especialmente na região rural do município onde já foram registrados espécies como murucututu, murucututu-de-barriga-amarela, maracanã-do-buriti, juruva-verde e a marreca-de-bico-roxo. Em nossas duas expedições para conhecer o potencial da cidade não tivemos tanta sorte, mas pudemos observar e fotografar uma vasta variedade de espécies, inclusive tivemos o prazer de observar um lobinho logo ao amanhecer.

Partimos para a zona rural de Esmeraldas acompanhados de um guia local que nos apresentou algumas aves da região, começando pelo belo japu que cruzou o nosso caminho logo pela manhã.

Bichoita é uma outra espécie que tem ponto fixo na cidade e atrai muitos observadores de aves.

Fogo-apagou.

Guaracava-grande, geralmente confundida com outras espécies de Elaenia, só pode ser diferenciada através da sua vocalização.

Balança-rabo-de-mascara, ave belíssima.

Casaca-de-couro-da-lama.

Coró-coró, ave que habita locais de brejo e entorno de lagos e cursos d’água.

Foi a primeira vez que vimos o fruxu-do-cerradão fora do cerradão (cerrado mais denso).

Uma das estrelas do local é o rapazinho-dos-velhos, ave muito bonita que pode ser facilmente localizada e fotografada.

A saíra-de-chapéu-preto é pouco avistada embora comum nas matas.

A bela saíra-ferrugem.

Comum, o baiano é facilmente avistado até mesmo nas áreas de pastagens.

Uma das espécies que chama a atenção no local é a rendeira, ave pouco comum na região.

Nas áreas de brejo e taboa é muito fácil encontrar o belíssimo japacanim.

O casal de tesoura-do-brejo realizando um display (exibição).

O chupim-azeviche é encontrada na zona rural de Esmeraldas, muitas vezes passa desapercebido por ser confundido com o chupim.

Muito comum na região é o arapaçu-de-cerrado.

Embora comum o uí-pi não costuma sair no limpo para ser fotografado.

Sem sombra de dúvidas um dos lugares com maior quantidade de soldadinhos que já visitamos, a espécie vocaliza o tempo todo em praticamente todas as matas de galeria da zona rural. Quer ver e fotografar o soldadinho, vá pra Esmeraldas…

O frango-d’água-azul tem um ponto fixo no local.

Andorinha-de-sobre-branco.

O belo pica-pau-de-topete-vermelho estava em casal, mas na foto é a fêmea.

A cidade se mostrou muito produtiva, observamos mais de 100 espécies, certamente voltaremos!

Aos interessados em conhecer e fotografar na zona rural de Esmeraldas, possuímos contato com um guia local que pode lhe apresentar as belezas naturais de Esmeraldas. Saiba mais!

Abraços,
Equipe EF.

 

Série Fauna Mineira

 

EXPEDIÇÃO GUIADA!

Que tal realizar uma expedição fotográfica orientada pelos “hotspots” de Belo Horizonte, Brumadinho, Nova Lima, além da belíssima Serra do Cipó em Santa do Riacho e Lapinha da Serra.

  • Grupos de até 3 pessoas;
  • Roteiros personalizados;
  • Observação e fotografia da avifauna, flora e paisagens;
  • Orientações fotográficas.

Entre em contato para saber mais!

 

Sair da versão mobile