ECOFOTO | fotografia + natureza + birdwatching + expedições | ECO FOTO

Fauna Mineira: Brumadinho

Um dos principais destinos fotográficos em Brumadinho é a famosa Serra da Calçada, Monumento Natural, que fica entre os municípios de Nova Lima e Brumadinho, e foi escolhido como o ponto de partida para fotografar a choca-de-asa-vermelha, o beija-flor-de-gravata-verde, o formigueiro-da-serra e o belíssima maxalalagá.

Logo na chegada um bandinho de pintassilgo em meio a neblina, que é comum em diversas épocas do ano devido a altitude da serra, e muitas vezes passa quase o dia encobrindo o céu azul.

A neblina as vezes chega a atrapalhar as fotos, mas não impedi o registro do beija-flor-de-peito-azul.

Comum na região, o periquito-rei é facilmente fotografado.

Espécie muito caçada, o trinca-ferro ainda é encontrado em alguns pontos.

Algumas espécies de Elaenias só podem ser diferenciadas pelo canto, aqui a guaracava-de-topete-uniforme, ave residente e muito comum na região toda.

Já o chibum, é uma espécie de Elaenia migratória e foi identificada pela vocalização.

A poucos metros do chibum (acima), identificamos o tucão, outra espécie de Elaenia que também é migratória e só pode ser confirmada a espécie pela vocalização.

O gavião-de-rabo-branco.

Muito comum em áreas de pastos e antropizadas, o tico-tico-do-campo é pouco visto devido aos hábitos de permanecer próximo ao chão.

A busca inicial era pela choca-de-asa-vermelha, mas quem resolveu roubar a cena,  foi a choca-de-chapéu-vermelho, bem menos comum na região.

Mas teve mais, muito mais.  Logo o sebinho-olho-de-ouro apareceu para conferir a vocalização da choca.

Comum na Calçada e demais áreas de cerrado da região, o joão-de-pau costuma aparecer em casais ou grupos familiares.

O vite-vite-de-olho-cinza é comum na região.

Realmente a Serra da Calçada é um local impar, com campos naturais e áreas arbustivas o que torna o local um ponto de ocorrência de várias espécies que exigem um certo grau de preservação.

Saíra-douradinha, uma das aves mais coloridas do cerrado.

A choca-de-asa-vermelha só apareceu após muitas tentativas, e quando apareceu resolveu dar um belo show, se aproximando e posando para fotos e mais fotos…

A corruíra-do-campo é um belo exemplo de espécie que necessita de áreas preservadas, no caso, campos naturais, que tem se tornado cada vez mais raro em função da destruição do cerrado e da invasão do capim-meloso, espécie exótica que tem devastado os campos naturais da região.

Já a corruíra é bem comum até mesmo dentro das cidades.

Endêmico da Cadeia do Espinhaço que vai até o estado da Bahia, o rabo-mole-da-serra é um ícone na região.

O tico-tico-do-banhado habita diversas áreas de cerrado.

O papa-moscas-de-costas-cinzentas, substitui o papa-moscas-canela que não ocorre na região, e geralmente é encontrado em campos rupestres ou áreas acima dos 1000 metros de altitude.

A arnica é um arbusto de áreas rupestres, nessa foto a planta estava prestes a iniciar sua floração, um belo atrativo para alguns beija-flores.

Ainda faltavam as grande estrelas da Serra da Calçada, o belo e ameaçado maxalalagá, o formigueiro-da-serra e o belo beija-flor-de-gravata-verde. Procurar aves é como procurar uma agulha num palheiro, ainda que com muitas dicas e ajudas de observadores da região, a tarefa continua muito difícil.

Diversas idas até a Calçada para ter o primeiro encontro com o maxalalagá, em uma área pouco provável para sua ocorrência. Não rendeu foto, vi a espécie circular pelo capim nativo misturado ao invasivo capim-meloso, mas desistir não é a primeira opção de um fotógrafo, tanto que voltamos diversas vezes até a Calçada e só na minha última manhã, antes de voltar para São Paulo é que consegui uma única foto, quando o belo, pequeno e raro maxalalagá resolveu sair do capim para dar uma espiada…

Final de expedição na serra com o formigueiro-da-serra vocalizando o tempo todo, mas não permitiu fotografia ou registro,  já o beija-flor-de-gravata-verde nem sinal, mas fotografia de natureza é assim, bem pouco previsível, então essas duas espécies ficam para próxima!

Partimos da Serra da Calçada com um gostinho de quero muito mais…

Abraços,
Equipe EF.

 


 

• PROGRAME UMA EXPEDIÇÃO GUIADA!

Que tal realizar uma expedição fotográfica orientada pelos “hotspots” de Belo Horizonte, Brumadinho e Nova Lima, além da belíssima Serra do Cipó em Santa do Riacho e Lapinha da Serra.

  • Grupos de até 3 pessoas
  • Roteiro personalizado
  • Observação e fotografia da avifauna, flora e paisagens
  • Orientações fotográficas

Entre em contato para saber mais!

 

Sair da versão mobile