ECOFOTO | fotografia + natureza + birdwatching + expedições | ECO FOTO

Dicas para fotografia de natureza, em especial avifauna!

Olá pessoal!

Este meu post será um pouco diferente, vou dar algumas dicas para quem quer começar a fotografar natureza, em especial aves já que muitas pessoas vêm até mim e perguntam como consigo alguns registros embora eu não seja nenhuma referência em fotografias de aves mas a alguns anos venho me empenhando e melhorando significativamente o resultado nesta vertente da fotografia de natureza.

Antes de mais nada é preciso saber que fotografar a natureza, falando de aves em especial, não têm nada de fácil embora muitas pessoas pensem ser simples eu acredito que a fotografia de natureza seja uma das mais difíceis  quando se visa qualidade nas capturas e não apenas o registro!  Por muitas vezes, se você perder o momento decisivo não terá outra oportunidade e poderá passar o dia ou  mesmo dias para conseguir outra chance, isso se você for uma pessoa de muita sorte!

Para os que estão começando já adianto:  façam as pazes com a sua sorte, irá precisar muito dela!

Ser paciente, praticar muito, perseverar,  ter conhecimento técnico (o básico da fotografia), conhecer um pouco dos hábitos das aves e talvez um pouco de investimento são extremamente necessários para se conseguir uma boa foto, com qualidade muito além de um simples registro.

A fotografia desejada.

Quase nunca é possível conseguir uma fotografia “perfeita”, portanto é fundamental saber o que se espera de uma boa fotografia de natureza, em especial aves.

Abaixo deixo um exemplo do que considero o ideal neste tipo de foto, que vai além de um simples registro!

Nikon D300 com Sigma AF 150-500mm DG F5-6.3 OS HSM APO (1/320, F8, ISO400 @350mm).

1) A foto deve ter um bom enquadramento e o assunto ocupar boa parte do quadro, claro que algumas aves são pequenas e não será possível preencher o quadro;

2) O assunto deve condizer com o meio em que vive, procure sempre se posicionar de maneira a compor os planos deixando o fundo “limpo” e representativo dentro do contexto;

3) Os detalhes após a captura/edição devem ser revelados de forma precisa, muitas vezes me deparo com fotos “sem nitidez” ou mesmo sem um foco bem definido sobre o argumento de que foi “muito rápido” e não houve tempo para “caprichar” ou então que é apenas um registro;

4) Os planos devem estar bem definidos,  o primeiro ou o segundo plano deve ser composto com um DOF suave para formar um “pano de fundo” para o assunto principal se destacar e não ficar perdido em meio a muitas informações;

Veja alguns detalhes:

Além dessas características é preciso escolher o melhor momento certo, as vezes horas se passam e diversas fotos são feitas até que se consiga uma única e boa fotografia de um momento singular.

Técnicas de comportamento.

O comportamento é tão importante ou mais do que o equipamento fotográfico correto!  É justamente o comportamento na aproximação que vai lhe permitir fazer bons registros. a uma distância onde seu equipamento seja capaz de capturar detalhes. Muitas pessoas acham que com uma lente super-tele pode ficar bem longe e conseguir boas fotos, enganam-se, quando estamos fotografando vida selvagem a aproximação é importante para garantir os detalhes na foto capturada e quanto mais próximo do assunto melhor, mais detalhes!

Pensando nisso temos que ter em mente como se comportar em uma saída fotográfica para fotos de natureza:

O equipamento certo.

Como todo todo segmento da fotografia com o tema natureza não é diferente, é preciso ter o equipamento correto para o tipo de foto que você pretende fazer. Já que eu estou abordando e falando sobre fotografia de natureza em cima de fotos de aves, vou citar alguns equipamentos que são adequados para tal, claro que alguns são o sonho de consumo de muitos, fotógrafos inclusive o meu tendo em vista o preço alto no mercado, então vale improvisar (improvise algo bom, ok?) de acordo com as suas possibilidades financeiras ou retorno comercial no caso de trabalhos na área. Vamos lá:

Vestimentos:

Talvez a maior dúvida seja quanto ao equipamento fotográfico que se deve utilizar para obter bons resultados.  Acredito que já deu pra entender no texto acima que é complicado estabelecer um padrão, tudo depende do tipo de foto que você pretende fazer. Deixo as seguinte sugestões como base:

Equipamento fotográfico:

Entre as opções de equipamentos existem várias objetivas zoom ou fixas de diversos modelos, marcas e valores, e cabe a cada um decidir o que é melhor para a sua necessidade.

Algumas espécies de animais permitem maior aproximação, outras são bem mais ariscas e arredias escondendo-se ou fingindo perante qualquer contato visual ou sonoro, escolha a objetiva que possibilite fotografar o que você deseja mesmo de uma certa distância.

Dificuldades.

Para a fotografia de natureza de modo geral não basta “querer” é preciso se empenhar muito e as vezes superar os limites da sua resistência, medo e  da paciência! Ouço muitas pessoas dizendo que querem fotografar natureza porém poucas ou quase nenhuma sabe das dificuldades que um fotógrafo de natureza enfrenta em seu dia-a-dia, eu não sou profissional nessa atividade (não vivo deste segmento) porém sou apaixonado por fotografia de natureza e sei um pouco das dificuldades que são muitas e vou citar algumas:

O essencial.

Quando falamos de fotografia de natureza temos quem pensar e planejar bem para não sermos surpreendido, então é essencial levar numa saída os seguintes itens:

É claro que esse aparato de apoio vai depender do local que você ira frequentar, se for um local conhecido e próximo da sua casa, ou no entorno do seu carro, você não precisa carregar tudo isso, porém para incursões em lugares onde você não conhece o local é essencial se precaver e pecar pelo excesso do que pagar pela falta.

“É  melhor ter e não usar do que precisar e não ter!”

Dicas para avistamento.

Conhecer um pouco dos hábitos das aves ajuda muito e permite a você se aproximar mais ou menos de acordo com a aceitação da espécie, além de saber identificar o habitat onde vai encontrar determinada espécie. Na internet existem diversos sites que trazem informações sobre comportamento e área de ocorrência, hábitos e habitat.

Prestar atenção nas vocalizações (sons dos cantos/chamados) das aves é uma maneira bem mais fácil de localizar a sua posição do que visualmente  já que em muitas situações você poderá estar na “mata” ou a  ave estar camuflada nela.

Observar movimentos ao redor nos arbustos e árvores, algumas aves na presença de um intruso não emitem vocalizações, outras fazem um verdadeiro estardalhaço então observar os movimentos ajuda a encontrar as aves mais tímidas.

Primeiras fotos.

O começo é complicado, muito complicado,  assim como em qualquer área da fotografia. Não comece querendo visitar grandes parques ou regiões desconhecidas para você, comece fotografando natureza nos parques da sua cidade, nas praças, jardins, em chácaras na zona rural ou sítios e deixe pra depois as aventuras maiores e mais difíceis.

Aves são encontradas praticamente em qualquer lugar, não cometa o erro de comprar tudo o que você acha que vai precisar (equipamentos, vestimentos e etc) e fazer uma viagem para amazônia, pantanal, chapadas, serra do mar ou etc para fotografar aves, será um desafio muito grande e você poderá ter uma decepção maior ainda se não conseguir bons registros e de espécies que te interessam.  Quando estiver realmente preparado para essas aventuras invista no que for preciso, inclusive em contratar um guia local.

Seguindo essas dicas qualquer pessoa poderá  ser um bom birdwacthing (observador de aves).

Boas fotos e até a próxima.
Equipe EF.

Sair da versão mobile