Pokemon Go! A brincadeira já existe a séculos…

Lançado em 1999 no Brasil, o desenho Pokemon é um marco para uma geração que cresceu assistindo os episódios onde a equipe Rocket fazia praticamente de tudo para capturar o poderoso pokemon conhecido como Pikachu. Viralizou, e hoje tem um aplicativo de celular chamado Pokemon GO onde você pode sair pela sua cidade procurando e capturando os seus próprios pokemons com a ajuda das “pokebolas”, tudo isso é possível através de uma tecnologia chamada de realidade aumentada.

Telas do jogo Pokemon GO. Imagens ilustrativas da internet.

Certamente você deve estar se perguntando: o que isso tem haver com um portal sobre fotografias de natureza? Realmente nada, mas para os observadores de vida selvagem, a lógica do jogo  que atraí milhões de fãs pelo mundo não tem nada de novo, nada de surpreendente (…).

Os observadores de natureza fazem isso o tempo todo em busca de novas espécies da fauna ou da flora, especialmente os birdwatchers, ou simplesmente observadores de aves.

Birdwatching.

A observação de aves, também conhecido como birdwatching, não possui documentação oficial de quando iniciou-se, mas através de relatos dos povos foi possível constatar que teve inicio por volta do século XIV, e era considerada como educação erudita das classes mais favorecidas.

Ana Carolina: Psicóloga e Master Coach de profissão. Fotógrafa de natureza nas raras horas vagas.

Ana Carolina: psicóloga e master coach de profissão. Fotógrafa de natureza nas horas vagas.

Em tempos atuais a observação de aves tem crescido a cada dia, embora considerada uma atividade ainda nova e pequena no Brasil, já nos EUA e Europa é tradicional e movimenta um mercado gigantesco em diversos segmentos, entre eles turismo e serviços.

Diferente do Pokemon GO que utiliza as suas “pokebolas” para capturar e aprisionar os seus monstrinhos, o observador de aves utiliza outras ferramentas como: papel e lápis para anotar a tradicional lista observada durante uma atividade em campo, ou então um câmera fotográfica para documentar as espécies e suas belezas singulares. Outros preferem um gravador para documentar a vocalização (chamado, canto) das espécies.

Fotos capturadas durante observação de vida selvagem. (Set./2015)

Fotos capturadas durante observação de vida selvagem. (Set./2015)

Enquanto no jogo virtual a busca é pelo “pokemon” que lhe der mais pontos, e que se traduzirá em número numa lista virtual do primeiro colocado, já na vida real (observação de aves) a procura é pela ave mais rara, onde ela ocorre, habitat ou então pela imagem mais bonita quando envolve a fotografia, mas sempre com o objetivo de documentar uma espécie de verdade, gerando interação social entre pessoas, documentação cientifica, lazer, diversão e desafios!

Escolhas

Vivemos em mundo livre, cada um escolhe aquilo que lhe agrada mais, e você certamente você é uma pessoa feliz em poder escolher ou incentivar os seus filhos naquilo que acredita ou acha mais coerente, e neste caso as opções são entre correr atrás de algo que não existe (virtual) com um celular nas mãos ou então observar e fotografar espécies na natureza, que podem desaparecer a qualquer momento do planeta, além de exercitar a consciência ecológica.

Se procura aventura, na observação de aves vai encontrar muita! Se procura desafios, na observação de aves são intermináveis! Se gosta de tecnologia, na observação de aves utilizamos muitas (câmeras)! Se gosta de viajar, na observação de aves vai ter muitos motivos para conhecer lugares incríveis! Se gosta de jogar à noite, tudo bem,  fotografe corujas e bacuraus, é ainda mais desafiador! Se quer participar de grupos, na observação de aves tem muitos! Se gosta de fazer tudo sozinho, também da certo na observação de aves! Se gosta de “bichos diferentes”, certamente irá encontrar muitos na observação de aves! Experimente…

Observação de aves…

A iniciação na atividade não tem idade minima, nem máxima, sendo a sua disposição física a unica limitação. Conhecemos pessoas com mais de 70 anos que exercem plenamente a atividade e também jovens e crianças que tem acompanhado os seus pais, ou mesmo sozinhos sobre a supervisão dos pais tem se aventurado na atividade.

Na observação de aves é possível encontrar espécies com mais variadas cores, tamanhos e formatos, só no Brasil são mais de 1.800 espécies algumas com características bem singulares como o colhereiro (primeira foto) facilmente reconhecido pela sua cor rosa e bico em formato de colher.

O resultado das suas “conquistas” como observador de aves podem ser anotadas em uma caderneta, ou se você gosta da tecnologia, a fotografia pode ser o caminho já que oferece uma infinidade de câmeras e objetivas cada vez mais avançadas. A impressão das fotos das espécies  fotografadas podem virar um álbum. Outra opção é manter  o seu acervo em serviços especializados na internet e redes sociais, ou até mesmo guardar em seu arquivo particular no seu próprio computador.

Como contar seus pontos?

Na observação de aves não existe uma disputa por pontos, embora entre alguns grupos e observadores ocorra uma disputa por maior número de espécies observadas, mas sem eleger um ganhador e perdedor. Todos ganham com a observação de aves, inclusive a ciência e você!

Existem diversos serviços pelo mundo onde é possível publicar suas fotografias, listas de observações e gravações de vocalizações (cantos), alguns especializados em aves e outros mais abrangentes aceitando todas as espécies da fauna como por exemplo o portal Bio Faces – www.biofaces.com.br – um site brasileiro que aceita espécies da fauna do mundo todo. Estes serviços oferecem um panorama da observação de aves, trazem informações sobre a espécie, área de ocorrência e as listas de cada usuário.

Que tal experimentar uma atividade real, empolgante e cheia de desafios? Incentive os seus amigos e filhos! #VidaRealGO

Abraços e até a próxima.
Equipe EF.

Um Comentário:

  1. José Francisco Pevarelo Pacheco

    É bem isso mesmo, abraço!

Deixe um comentário, ficaremos felizes em saber o que achou!