Pantanal de Miranda na Caiman. Fotos, onças e muitos mais… Acompanhe!

[12 de julho]

Ontém foi “o dia”!

Como se fosse uma despedida da minha passagem pelo Refúgio Ecológico Caiman o pantanal resolveu conspirar, e no meu último workshop de fotografia para o pessoal hospedado na Cordilheira, uma focagem memorável – três onças pintadas em menos de 30 minutos!

Os experientes guias Fábio (caimaner) e Nego (guia de campo) se supreenderam, imaginem  só EU…

As duas primeiras onças formavam um casal, já a segunda espreitava uma capivara na beira de um açude.

Uma focagem memorável! Uma despedida com gostinho de quero mais…

–>  As fotos podem ser vistas aqui!

 

[11 de julho]

Se engana quem pensa que o pantanal é rico apenas em fauna e flora!

O povo pantaneiro é riquissímo em tradições culturais a exmplo da FESTA DO LAÇO que pude presenciar e fotografar durante a minha passagem pelo pantanal.

Pude sentir a dedicação e o amor do povo pantaneiro na preparação detalhada da tradicional festa que envolve adultos, jovens e crianças numa disputa de laço, ou “armadas”, como  eles preferem dizer por aqui, onde as equipes são formadas por cinco laçadores sendo o primeiro chamado de capitão e o último de fecha rosca. A festa organizada pela Caiman (Estância Miranda) é tradicional e reúne mais de quarenta equipes de laçadores de diversas fazendas e cidades.

Abaixo uma foto das mais de 400 que fiz durante os dois dias do evento, onde a “Segundinha” da Caiman (equipe número 2) foi a vencedora com a “armada” de Buriti (na foto) da Taça de Ouro, principal categoria entre as equipes laçadoras.

Em breve, todas as fotos da FESTA DO LAÇO!

–>  As fotos podem ser vistas aqui!


[09 de julho]

Olá pessoal, menos de uma semana pra minha partida e não poderia ser melhor! Uma onça-parda avistada na quarta-feira (06) e uma onça-pintada fotografada ontém, sexta (08).

Os animais aqui nos surpreendem a todo momento, cada encontro uma nova foto, um novo momento, a exemplo da foto abaixo dos três cabeças-secas:

–>  As fotos podem ser vistas aqui!

 

 

[post de 07 de julho]

Ontém foi um dia fantástico, pude acompanhar a equipe do Projeto Arara Azul – www.projetoararaazul.org.br – em uma de suas saídas a campo. Na equipe o guia e assistente do projeto César, a bióloga Fernanda e a estudante de biologia Bruna (estagiária).

Logo ao amanhecer saímos em busca dos primeiros ninhos cortando estradas e pastos até algumas matas de cordilheira e capões bem afastados, durante todo o percurso muitos animais pelo caminho e as araras que pareceiam até conhecer o César e o veículo do projeto.

Não pude ver os filhotes, a postura ainda vai começar, mas as ARARAS já estão começando a preparar os ninhos. Foi um dia bem proveitoso, mesmo  durante o nosso retorno quando fomos agraciados com uma ONÇA-SUÇUARANA cortando a frente do carro a pouco mais de 30 metros!

Para saber mais sobre o projeto ARARA AZUL acesse www.projetoararaazul.org.br

–>  As fotos podem ser vistas aqui!

 

 

[post 05 de julho]

Ontém realmente foi um dia excepicional!
Avistamento de um lobo-guará, raro de se observar por aqui logo pela manhã na Cordilheira, notícia que emplogou o grupo.

Logo após o workshop de fotografia fomos pro safari que continou rendendo ótimas fotografias de tamanduás, tatus, gaviões, garças, queixadas, jacarés além de aves em geral, mas o melhor estava por vir, logo após um maravilhoso por-do-sol.

A focagem começou por volta das 17h 45 e ao chegar na ponte do paizinho lá estava a jaguatirica. Viramos e voltamos contentes, afinal um dia produtivo, que se tornou único ao encontrar com uma enorme onça-pintada nas proximidades da escolinha e sede do projeto Arara Azul, emoção total!

A maior surpresa foi ver justamente a onça e a jaguartica em poucos minutos, mas não foi tudo! Na volta para Cordilheira avistamos e pude fotografar um mocho-do-banhado, primeiro registro em foto para a Caiman.

Safari perfeito, repleto de espécies.

Fim de tarde.

–>  As fotos podem ser vistas aqui!

 

[ post de 27 de junho]

Enfim o clima mudou e parece que o frio chegou!
De sábado pra cá, diferente dos outros dias, tenho dormindo com duas calças, blusa e dois cobertores. A temperatura despencou literalmente.

Tirando o frio, poucas fotos novas mas uma foto que me chamou muita a anteção foi essa foto das traíras todas aglomeradas na beira da baía, cena linda e impressionante pela quantidade de peixes.

–>  As fotos podem ser vistas aqui!

 

 

[ post de 21 de junho]

O primeiro “susto” que passei aqui foi ontém (20), quando eu o guia caiman Fábio estavamos voltando do rio Aquidauna a pé e derrepente, um boi veio correndo na estrada pelas nossas costas, rápidamente o guia se virou e gritou com espantando o boi… Um susto já que estavamos caminhando e fotografando durante umas 2 horas.

A recompensa veio logo após o susto, um lindo gavião-preto com uma cobra nas garras recém capturada, provavelmente uma sucuri filhote ou talvez uma boipeva, como o gavião já havia arrancado a cabeça dela a identificação fico mais complicada.

–>  As fotos podem ser vistas aqui!

 

[ post de 16 de junho]

Olá pessoal.

O clima aqui começa a mudar, os dias já estão mais frescos e as noites bem mais frias. A vazante esta encerrando o seu ciclo de 2011, mas antes de falar do pantanal quero falar sobre o primero WS de fotografia que aconteceu no dia 14 para um grupo de turístas americanos.

Após algumas dicas rápidas e instruções básicas de fotografia fomos a campo acompanhados pelos guias da Caiman e o resultado não poderia ser melhor, fotos da  onça-pintada e uma boca-de-sapo – serpente conhecida também como jararaca.

Não poderia deixar de postar a foto onça-pintada, animal número “um” na lista de todos que visitam o pantanal.

–>  As fotos podem ser vistas aqui!

[ post 9 de junho ]

Olá pessoal, este post foi previamente agendado, pois nesse momento devo estar voando para Campo Grande-MS, o meu destino é a cidade de Miranda no Pantanal.

Através de um convite feito pela pousada Caiman para uma parceria, onde vou orientar e coordenar workshops de fotografia de natureza para os hóspedes da pousada, estarei viajando e fotografando a fauna e flora entre os dias 9 de junho e 15 de julho. Passar esses quase 40 dias envolvido diretamente com fotografia de natureza será um quande desafio, e espero superar com belas imagens do pantanal e seu entorno.

O meu dia a dia na pousada Caiman poderá ser acompanhado aqui pelo ECOFOTO.

Abraços e até breve.

Tiago R.
Fotógrafo – ECOFOTO

 

12 Comments:

  1. Bruna (Projeto Arara Azul)

    Eu já fiquei feliz por ter visto 1 onça-pintada, imagine vc q viu 3! É muita sorte mesmo…
    Parabéns pelo trabalho, Tiago. As fotos são lindas!

  2. Essa noite foi Fantástica!!! 3 Onças em uma única noite é pra lembrar pro resto da vida!!!

    Abraço Tiagão!!! Volta aí no ano que vem!!!

  3. Fernanda (Projeto Arara Azul)

    Fala sério, 3 onças? Eu que venho pra Caiman faz 4 anos, vi umazinha de relance ainda… rs
    Lindas as fotos! Parabens!

  4. Tô acompanhando suas fotos e posts! É fantástica a presença da natureza, dominando todos os cantos da fazenda caiman…
    Desejo ainda muita emoção pra você! Aproveite cada click!
    Abraço

  5. Que susto que nada!! vcs gostaram que o boi correu atrás …
    Grandes experiencias no pantanal.
    abcs

  6. È isso aí Tiago…agora ta no que vc gosta….aliando trabalho com lazer…..Vai fundo….

  7. …esse jacaré tá morto, véio??? Não facilita, não! A mão esquerda tem que segurar a câmera! Vê se produz muitas fotos aí, queremos mais! Felicidades!

  8. Pegando o rabo do jacaré hein?! Brincadeira! Belas fotos amigo, manda mais!! Abs, e boa viagem. Te cuida!

Deixe um comentário, ficaremos felizes em saber o que achou!