Nikon lança novo corpo, flash e lente além de atualizar a queridinha AF-S 200mm F2!

Como fotógrafo e usuário de equipamento Nikon costumo acompanhar  tudo que envolve fotografia e também equipamentos Nikon,  e posso dizer que faz algum tempo que venho notando e comentando com alguns amigos a política conservadora da Nikon.

Ontém isso ficou ainda mais claro pra mim, enquanto a sua principal concorrente está colocando no mercado câmeras com 18Mp ou mais  a Nikon tem sido mais modesta e lançado novos corpos com 14Mp como a D3100 por exemplo e agora 16Mp com a nova D7000, talvez devido a tecnologia diferenciada, ou menos desenvolvida, ou mesmo por questão de posicionamento  no mercado,  mas eu particularmente gosto e acredito que seja puro conservadorismo da marca.

Os últimos lançamentos da marca me surpreenderam, mas nem tudo são flores a começar pelo preço.

Veja  alguns comentários sobre os  meus  pontos de vista,  vamos a lista de lançamentos:

– Nikon AF-S 35mm F1.4 G N

Até pouco tempo atrás se ouvia muito dizer que a Nikon não tinha uma linha PRIME completa e atualizada  com o que a marca tem de melhor em tecnologia (G, N, ED, AF-S/SWM), mas parece que agora a história se inverteu com o lançamento dessa que é a 4ª lente prime a integrar e completar a família AF-S com abertura  F1.4 G composta pelas já lançadas 24mm, 50mm e 85mm todas formato 35mm (full-frame).

Quem prima pela qualidade óptica geralmente busca lentes fixas, ou as chamadas PRIME. A Nikon passa ter uma linha completa veja:

– AF-S 24mm N F1.4 G
– AF-S 35mm N F1.4 G
– AF-S 50mm F1.4 G
– AF-S 85mm N F1.4 G

Todos os usuários de corpos digitais, inclusive os de entrada que não tem motor de AF no corpo e dependem de lentes AFS/SWM, e os  corpos de filme 35mm  com auto-foco passam a ter a sua disposição uma série de lentes de alta qualidade!

O preço desse quarteto? Mais de U$5.500,00!

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

– Nikon AF-S 200mm G f2.0 VRII (atualização)

Quem já usou ou tem a versão “VR I” dessa lente a considera como uma das melhores primes já produzidas pela marca! Não duvido disso…  Embora cara é uma lene que impressiona pela qualidade óptica e tecnologia agregada. Com a versão II o VR foi melhorado como aconteceu com outras lente, 70-200 VRII, 300 F2.8 VRII entre outras. Além de uma autentica F2 super-luminosa, pode-se usar um TC de 1,4x, 1,7 ou até de  2x, neste último caso a lente se torne uma F4/400mm.

Pra ser o dono dessa jóia basta desembolsar U$5.999,00, vai encarar?

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

– Nikon SB-700

Enfim o sucessor do SB600, não sei dizer se irá subistituir ou apenas completar a família de flashs, embora mais compacto e menos potente que o SB-900 traz todas as opções do irmão mais velho em uma cabeça compacta.

NG 28 em ISO100 e 35mm (SB-900 é NG40)
4 pilhas AA
Cobertura 24-120mm
Modo Master, Slave
TTL, M.

O preço U$330,00!

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

– Nikon D7000

Em tempos de vídeos gravado por DSLR’s a Nikon devia uma câmera full-HD com preço competitivo. Além do vídeo em alta-definição a D7000 impressiona por trazer algumas inovações como o novo método de fotometria baseado em 2048 pixel (3D color), confira:

CMOS 16,2Mp (4.928 x 3.264 pixels )
Conversor A/D de 14bit nativo
Medição 3D Color Matrix com 2016 pixel RGB
Sistema de foco Multi-Cam 4800DX (mais sensível!!!)
100% de cobertura do viewfinder

6 fps no modo burst
Vídeo full-HD (1920 à 24fps)
Modo AF-F (inclusive no modo de vídeo)
39 pontos de foco, 9 centrais cruzados
ISO 100 ~ 6400 nativo e expansível (HI-2) até 25.000
Dois slots de cartão SD/SDHC/SDHX

De imediato o que mais me chamou a atenção foi a resolução de 16Mp e o conversor A/Dde 14bit constantes aos invés do opicional de 12/14bit como em alguns corpos, como eu citei no começo do post me parece ser uma atitude conservadora não aumentar muito o tamanho da resolução afim de garantir imagens maiores que os atuais sensores de 12Mp sem perder (ou ao menos tentando manter) a boa relação com o baixo ruído dos sensores de 12Mp utilizados pela D5000, D300, D90 e D300s até então.

O kit com a lente AF-S DX 18-105mm F3.5-5.6 G VR sai por U$1.250,00 aproximadamente…

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

Por fim a Nikon me agradou muito com estes lançamentos, agora continuo na torcida pela atualização da AF 80-400mm F4.5-5.6 D ED VR e pelo lançamento de uma 70-200 VR F4 para fechar o SET de equipamentos da marca com opções de lentes prime F1.4, Zoom  Pro F2.8, Zoom F4 e as conhecidas Zoom F3.5/4.5~5. 6 (kits).

Quem quiser mais informações sobre os lançamentos é só acessar o site oficial NIKON através do link www.nikonusa.com

Abraços e até a próxima!

Um Comentário:

  1. Olá Tiago, sou amante da fotografia de pássaros, mas devido a um problema de saúde a minha locomoção para onde eles estão, é bastante complicada. Em face a essa dificuldade, eu necessitaria de um bom corpo e uma ótima lente super zoon, de forma que eu me posicione e a lente vá buscar o objeto a ser fotografado a uma distância considerável. Tenho muita simpatia pelas máquinas e lentes Nikon. Entretanto, não consigo entender a distância expressa em mm e a distância correspondente em metros. Você poderia em suas dicas e técnicas estabelecer esta relação de distância entre mm e metros para que haja um entendimento melhor a respeito? Aproveito para perguntar qual modelo de corpo e lente Nikon seriam ideais para mim. Parabéns pelo site, é muito interessante e útil para quem fotografa. Você pediu um comentário e eu fiz uma consulta rsrss.
    Um fraternal abraço.
    Nilo Bergami- Campinas.
    PS. já fiz curso de fotografia por correspondência, mas era muito fraco e não aprendi grande coisa.

Deixe um comentário, ficaremos felizes em saber o que achou!