Nikon D4: a nova full-frame da marca!

A algum tempo espera-se o lançamento da sucessora da famosa D3/D3s, e nessa manhã de janeiro a notícia se confirmou no site da Nikon USA!

A nova Nikon D4 não impressionou pelas caracteristícas, o que já era esperado pela equipe do portal EF devido ao conservadorismo da marca que segue sempre um padrão nos lançamentos. Em muitos fóruns e grupos de fotografia se falava em um corpo full-frame com mais de 30 mega-pixel, o que vai na contra-mão dos últimos lançamentos feitos pela Nikon, que desde a migração para o sistema digital, evitou grande inovações, seguindo uma linha coerente em seus lançamentos.

Principais caracteristicas:

  • sensor 16.1 megapixel
  • vídeo full-hd 1080 com 30/fps ou 720 com 60/fps
  • nova medição RGB 3D color matrix III com 91.000 pixel e reconhecimento de cena
  • multicam 3500FX (o mesmo da D3/D700/D3x/D3s)
  • slot duplo para cartão CF I/II e CF-XQD, a nova tecnologia dos CF lançada pela Sony
  • até 11 fotos por segundo, com 200 imagens seguidas
  • compatível com objetivas DX e FX, baioneta Nikon F
  • auto-foco manual, simples, contínuo ou seguindo o assunto (tracking)
  • ISO 100-12.800 ou expandido de 50~240.800
  • conexão LAN direta no corpo (wirelles e GPS através de acessórios)
  • corpo selado de magnésio

  

Para as especificações completas, veja o site oficial da Nikon!

O lançamento não trouxe grandes novidades em relação ao modelo D3s, a não ser o novo sensor com 4 megapixel a mais, o vídeo full-hd com 30fps e o novo sistema de medição de luz com 96 mil pixels que juntos conseguem identifiar o tipo cena fotografada através do sistema de reconhecimento de cenas.

A Nikon como sempre mantem uma linha de lançamentos que começa em um corpo FX high-end e depois lança o seu corpo FX mais em conta, no caso deverá deve ser a D800, nome da provável sucessora da D700, com praticamente as mesmas caracteristícas, porém sem o grip integrado, taxa de frames mais lenta, slot para um cartão ou talvez dois sem ser XQD, o novo padrão.

Já o preço da D4, U$5.999,00 (nos EUA e sem os impostos) ficou um pouco salgado para as poucas novidades, principalmente se comparada com a nova Canon 1Dx com seus 18mpx, 14fps que fez uma revolução na linha 1D, criando quase um hibrido entre as linha 1Ds (alta resolução) e 1D (alta velocidade).

Futuros lançamentos!

Agora a torcida fica pelo anúncio da D800 (update da D700)  e da D400 (update da D300s), rumores não faltam mas a grande maioria, um pouco fantasiosos, em realação ao que realmente deve vir nos próximos meses.

Sobre a D800 fala-se de dois modelos, um com filtro lowpass e outro sem o filtro para maior nitidez, sensor com 36 megapixel e outras coisas mais. Particularmente eu acho pouco provável, principalmente a questão da opção com ou sem filtro. Os 36 megapixel pode ser em função do anúncio da Sony ter desenvolvido tal sensor, porém não deve equipar a D800 e talvez uma D4X ou similar. Para a D800 eu aposto em um sensor igual ao da D4, se vier um sensor com mais megapixel deve ser o já conhecido 24 MP da atual D3X.

Já a D400 tudo indica que seguirá o atual padrão da D7000, com  o novo sensor de 16.1 Mp, deve continuar com os ótimos 51 pontos de foco, vir com o novo sistema de AF MultiCam 4500DX, e um burst de 8fps além do vídeo full-HD que já se tornou padrão nas DSLR’s.

Agora é aguardar e torcer!

Até breve.
Equipe EF

3 Comments:

  1. olá , queria tirar uma duvida , estou para comprar uma dslr e estou indeciso , vi este lançamento e GOSTEI dela ela custa 15 mil aki no brasil , vale a pena comprar uma ,ou sera que devo comprar uma menor como a d800 ,ow uma canon 5d mark 3 ???….

    • Bom Waganer.

      Sobre a sua dúvida de qual câmera comprar vamos esclarecer da seguinte maneira:

      1) Qual será o seu uso?
      2) Qual é o melhor custo x benefício?
      3) Uso profissional ou amador?

      Baseado nessas perguntas você poderá escolhar o melhor modelo. Particularmente nós do EF não gostamos dessa classificação que muitos sites/lojas dão as câmeras como “profissional, semi, etc”, preferimos classfica-las de acordo com o uso mais especifíco que cada foi projetada, até por que profissional é quem trabalha e ganha dinheiro, e não um tipo de equipamento em sí. Pensando nisso classificamos as câmeras assim:

      Nikon D4 –> fotojornalismo, fotos externas, social (considere também a linha Canon 1D…).
      Nikon D800 –> publicidade, externas, arquitetura, ensaios, estúdio.
      Canon 5DIII –> social, externas, arquitetura, ensaios, estúdio.

      Porque essa diferença no uso? Alguns modelos tem um ISO melhor e podem ser utilizadas em situações de pouca luz, outras possuem uma resolução maior e permitem trabalhos de grande dimensão e algumas câmeras tem uma resolução menor mais com uma velocidade de disparo maior. Claro que essas são apenas algumas caracteristícas e existem muitas outras associadas a cada modelo. Então pesquise bem o uso principal do equipamento.

      Abraços, equipe EF.

Deixe um comentário, ficaremos felizes em saber o que achou!